CARACTERÍSTICAS DA RAÇA BARROSÃ E CACHENA

 

 

BARROSÃ

VACAS

Pelagem - Castanho-clara, tendendo para a cor de palha ou para o acerejado.
A zona palpebral, a orla envolvente do focinho, a face interna dos membros e a região mamaria são mais claras.
Per vezes, surgem manchas mais escuras na zona infra ou supra - orbitaria, em indivíduos mais fuscos. Geralmente, observam-se pêlos escuros no debrum das orelhas, na cutidura e na borla da cauda.
As mucosas das aberturas naturais são escuras.

Cabeça - Curta e larga, encimada por forte cornamenta em lira alta. O comprimento é duplo da largura tomada nas saliências orbitarias. A linha que une os ângulos nasais aberturas palpebrais fica muito aproximadamente a meio do comprimento da cabeça.

Fronte - Quadrada, deprimida ao centro, donde resulta pronunciada saliência da região orbitaria. Encimada por pequena marrafa de pêlos não corredios, a protuberância frontal antes se apresenta como uma depressão entre a saída das cavilhas ósseas,

Face - Curta, de larga base posterior.

Chanfro - Direito, pouco saliente e arredondado.

Focinho - Negro, largo, um pouco grosso e como que tendendo para o arrebitado, descorando-se a mucosa na orla labial e num curto filete mediano que parte do lábio. A orla é mais clara, sem atingir o branco,

Boca - Larga, de lábio superior desenvolvido, bem pendente lateralmente.

Olhos - Muito aflorados, dando o aspecto de olho de sapo.

Abertura palpebral e pestanas - Escuras.

Orelhas - De tamanho médio, orladas quase sempre de pêlos mais escuros providas interiormente de bastantes pêlos compridos, mas não formando propriamente pendurelhos.

Chifres - Armação córnea excessiva, quer em comprimento, quer em espessura. Projectando-se á nascença quase verticalmente, os chifres desviam-se depois para os lados e, seguidamente, um pouco para a frente e para fora, por forma a apresentar nos adultos a figura de lira quando vistos de frente. Com exclusão da ponta que é escura, o resto do chifre é branco-sujo. A sua secção é, aproximadamente, circular.

Pescoço - Pouco comprido, reforçado, sobretudo, no bordo superior junto â cernelha, bem ligado á cabeça e á espádua. Barbela muito desenvolvida. Pendente sob a garganta, decota-se na origem do pescoço para depois cair largamente no peito, aproximando-se dos Joelhos.

Cernelha - Multo pouco saliente, larga, fazendo transição insensível entre o pescoço e o dorso.

Costado - Regularmente fundo e bem arqueado,
Dorso - Medianamente comprido, largo e horizontal.

Peito - Proporcionalmente largo e descido.

Espáduas - Pouco compridas, mas largas e bem ligadas ao tronco.

Abdómen - Pouco volumoso.

Lombos - De comprimento mediano, largos, estabelecendo perfeita ligação da garupa ao tórax.

Garupa - Horizontal, larga e comprida. Em regra, é mais larga de quadris do que comprida e apresenta, também, boa largura isquiática.

Nádegas - Largas, descidas, tendendo para o convexo e separadas por regular períneo.

Cauda - De média inserção, comprida, terminando por uma regular borla de pêlos, em regra escuros.

Úbere - Pouco desenvolvido, revestido de pêlos mais claros, espessos e compridos.

Membros - De extremidades livres pouco desenvolvidas, bem aprumadas, pouco ossudas, terminando por unhas escuras, rijas, pequenas e arredondadas.

Pele - Bastante grossa, mas macia, formando rugas, principalmente, no pescoço. Nos animais adultos, são também aparentes rugas na região suprapalpebral.

TOUROS

Os touros, como é natural nos tipos castanhos, são sempre mais escuros, particularmente no terço anterior.
Os seus caracteres morfológicos modificam-se no sentido de maior corpulência do que na vaca, tronco mais robusto, barbela mais desenvolvida, cabeça mais curta e mais larga, chifres mais grossos, embora, geralmente, um pouco mais curtos, mais dirigidos para a frente e para cima.

BOIS

Nos neutros, a armação toma proporções extraordinárias, sendo bastante mais comprida, grossa e divergente. O seu comprimento atinge, com frequência, l metro, o perímetro, 55 centímetros e a envergadura ultrapassa, muitas vezes, 1,5 metros. Os bois apresentam pelagem mais clara, sem o afuscamento Dor vezes existentes nas vacas e que é regra nos touros. São bastante mais corpulentos que os progenitores e o perfil neles não é tão acentuadamente côncavo.

 

 

 

CACHENA

 

 

Corpulência pequena

Pelagem castanha, mais escura no terço anterior

Cornos orientados para cima e para a frente

Perfil recto